Seleção Brasileira Sub-17 ganha destaque na vitória contra Argentina

Copa do Mundo, Olimpíadas, Campeonato Brasileiro; estas são a verdadeiras paixões nacionais. É muito comum a paralisação do país quando a Seleção Brasileira entra em campo, também é normal pararmos para assistir, ao menos alguns dos esportes das Olimpíadas, principalmente o futebol e, todas as quartas e aos domingos, o time do coração entra em campo.
Mas é difícil nos darmos conta que, antes dos jogadores que defendem, tanto a camisa do Brasil quanto a do nosso time, chegarem a onde estão, passaram pelos times de base.
Existem os campeonatos Sub-17 e Sub-20, entretanto, a atenção dada a estas categorias não é a mesma. Mas foi daí que surgiram vários craques, que hoje são famosos por defenderem de forma brilhante, tanto seus times, quanto a nossa seleção: Robinho, Alexandre Pato e Neymar, são apenas alguns dos exemplos que podemos citar.
Não pudemos acompanhar em rede nacional o Campeonato Sul-Americano Sub-17, que foi disputado no Equador, mas o Brasil foi campeão e, melhor ainda, em cima do nosso maior rival, a Argentina, por 3×2, no Estádio Casablanca em Quito. Foi a décima conquista brasileira no Sul-Americano da categoria, a quarta consecutiva.

Seleção Brasileira Sub-17 - Brasil x Argentina 09/04/2011 - Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Além dos jogadores, toda a equipe técnica e médica são responsáveis pelo bom desempenho do grupo. Dentre estas pessoas, está o médico Diego Maziel, que comentou como foi esta experiência.
“Foi uma experiência muito boa, pois foi um torneio internacional com a Seleção Brasileira, onde conseguimos o título que propiciou a classificação para o Panamericano e para o Mundial da Categoria”, comenta
Mas, não é um trabalho muito fácil, pois a distância de casa, dos amigos e a intensidade dos treinos, trazem um desgaste muito grande.
“Ao mesmo tempo em que foi bom, também foi bastante cansativo, pois passamos 48 dias entre a preparação e a competição longe de casa”, ressalta Diego.

Foto: Rafael Ribeiro / CBF

O que traz uma sensação de ter valido a pena, são os bons resultados obtidos pela equipe. “Contudo, foi um trabalho bastante intenso, pois havia um grande número de jogos em um período curto para a recuperação, mesmo assim não foi preciso vetar nenhum atleta para as partidas. Todo nosso esforço e saudade dos amigos e familiares foram recompensados no final com a conquista do título, que ocorreu na última partida na vitória sobre a Argentina”, explica o médico.
Além de voltarem com o título e com a classificação para o Mundial e para os Jogos Panamericanos, todos voltaram satisfeitos com o desempenho de todo o grupo. “Foi uma emoção muito grande receber uma medalha representando o Brasil e um sentimento de dever cumprido”, finaliza Diego.

Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Fonte: ESP Brasil

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s