Os cuidados com os atletas do MMA

Um esporte que vem ganhando espaço e conquistando o público brasileiro é o MMA (Mix Marcial Arts). Nos últimos anos, os lutadores da modalidade, se tornaram grandes ídolos dentro e fora de nosso país.
Por esta razão, o número de pessoas interessadas em conhecer o esporte consequentemente, aumentou. Mas, certamente, uma das perguntas que é unanimidade é em relação à recuperação destes atletas. Sabemos que eles estão preparados para levar golpes duros, mas, mesmo assim, as lesões são comuns e existem.
Para falar sobre o tema, o fisioterapeuta Fabiano Ogawa, que trabalha com atletas de alto rendimento do MMA, comenta que existem algumas dificuldades enfrentadas. “A principal delas, na minha opinião, é em relação ao tempo que temos que dispor. No início, eu dedicava, praticamente, 24h do meu tempo. Não tinha dia, nem hora”.

Outra dúvida que existe é em relação se há ou não pressão sofrida pela equipe multidisciplinar, pois sabemos que em grandes clubes, por exemplo, existe uma necessidade grande de que os atletas voltem a treinar. “Eu, particularmente, nunca tive este problema. Sempre que precisei afastar um atleta, tanto ele quanto o empresário compreenderam as razões. Eu sempre deixo clara a situação e, quando há necessidade de intervenção cirúrgica, a equipe médica se reúne com o atleta e o empresário para explicar todo o procedimento. Sempre foi muito tranquilo, mas eu sei que existem casos em que o departamento médico sofre pressão. Já trabalhei, durante quatro anos, na Delegação de Curitiba nos Jogos da Juventude e no Departamento da Maratona Ecológica, a situação é diferente da que vivo agora”, conta Fabiano.

A rotina de Fabiano, hoje, não é mais tão corrida. “Atualmente eu tenho apenas um atleta. Antigamente eu tinha 12 e o grande problema é que passamos a viver a vida deles, pois tudo que precisamos fazer, deve se encaixar nos horários em que eles podem”, explica.
Com o crescimento desse esporte, o fisioterapeuta destaca que no MMA se faz cada fez mais necessária as viagens de acompanhamento. “Eu viajei algumas vezes. As lutas normalmente são na Inglaterra, Estados Unidos ou Japão. Os lutadores viajam uma ou duas semanas antes do evento para se adaptar ao fuso horário, perder peso e etc”, conta o fisioterapeuta.
Mas, como mencionado anteriormente, as lesões nestes atletas existem. “As mais comuns são as articulares: joelhos, cotovelos e ombros; e as ligamentares. Entretanto, tudo depende da época. Há casos em que os atletas ficam quase um mês sem treinar, após um evento, pois tiram férias. E na pré-temporada, ou seja, quando eles voltam, é que ocorrem os maiores casos de lesões, pois os atletas querem voltar com o mesmo pique de antes de parar o que não é possível. Então, eles acabam abusando dos treinos querendo recuperar tudo em um dia”, ressalta Fabiano.


Porém, o tempo de recuperação varia de atleta para atleta e tudo depende do tipo de lesão. “A fisioterapia desportiva nunca para. Não é uma medida apenas de cura, é de prevenção principalmente. O fisioterapeuta responsável precisa entender do esporte, procurar a particularidade de cada atleta, entender a linguagem técnica falada entre atletas e treinadores, precisa conhecer os movimentos para que possa fazer um tratamento correto para o bom desempenho do lutador. Também é importante analisar o ambiente em que são realizados os treinos para ver possível risco de lesão. As lesões são tratadas normalmente sem interromper os treinos. É preciso que o fisioterapeuta se doe, conheça as técnicas. E é preciso que o atleta compreenda que este é um procedimento comum como forma de prevenção de uma lesão mais séria”, finaliza Fabiano.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s