A importância de praticar corretamente exercícios físicos

Antes de praticar qualquer exercício que seja, é comum ouvirmos que o importante é se alongar bem antes de iniciar. Entretanto, não é todo o profissional que concorda isso.

De acordo com o fisioterapeuta Alexandre Lopes, não existe nenhuma importância se alongar. “Não há evidências de que ter flexibilidade evita lesões. Não existe esta relação, existem outros aspectos mais importantes. E é preciso compreender que alongamento não é aquecimento”, explica.

Ou seja, se alongar não melhora ou piora o desempenho. O que é necessário é executar de forma correta os exercícios. “Toda atividade mal executada traz diversas conseqüências: fraturas, lesões e tendinopatias”, comenta Alexandre.

No caso de quem já se lesionou e não cumpriu corretamente as sessões de fisioterapia e volta a praticar exercícios antes de estar 100% bem, também pode trazer problemas. “Quando a pessoa não esta totalmente recuperada e decide voltar a se exercitar, fica mais suscetível a lesionar o mesmo local, o que chamamos de relesão”, alerta o fisioterapeuta.

Já para as pessoas que não praticam nenhuma atividade física e passam muitas horas sentadas ou em frente ao computador, a dica que Alexandre passa é: não ser sedentário.

“A pessoa pode ficar horas em frente ao computador, pode carregar peso, pode ficar horas sentada, com tanto que seu corpo esteja preparado para isso. É importante fazer atividades laborais. Para cada 50 minutos trabalhados, parar 10 e descansar”, ressalta Alexandre.

Para quem tem vontade de começar uma atividade física, como por exemplo, a caminhada de rua, diferente do que se pensa, não é necessário o acompanhamento de um professor. “Procurar um profissional que não tem informações se torna mais prejudicial do que não ter acompanhamento. Uma pesquisa feita com pessoas que praticavam exercícios com supervisão de um profissional e com outro grupo que não tinha personal, indicaram que os dois grupos apresentaram lesões. Ou seja, procurar um professor com experiência ou se munir de informações que podem ser retiradas da internet ou de livros, é eficaz, mas é preciso saber a procedência do profissional e das informações. A melhor forma de se começar a corrida de rua, por exemplo, é primeiramente caminhar e, gradativamente, aumentar o tempo de caminhada. Depois aumentar os passos até chegar, finalmente, à corrida”, aconselha Alexandre.

De uma forma geral, as lesões mais comuns que acontecem dentro do esporte são as tendinopatias e lesões musculares, que podem ser evitadas quando se pratica a atividade de forma correta. “Para não causar uma lesão, é preciso que o atleta se informe antes de começar a fazer uma atividade. Muitas modalidades esportivas já têm materiais que indicam o que deve ser usado para evitar lesões. Outra dica, esta para quem freqüenta academia, é a de não aumentar subitamente as cargas. No Basket, por exemplo, é comum ropturas ligamentares dos tornozelos, para isso já se sabe que existem materiais adequados que evitam estas lesões. Se informar antes de praticar qualquer exercício deve ser o primeiro passo. Existem muitos estudos sobre cada área do esporte e ao ter conhecimento deles, muitas lesões podem ser evitadas”, finaliza Alexandre.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s